ryot iras

Vou te ver de cinderela...

tu tubarão

e meu cavalo só falava inglês

ORGULHO NERD!

Parabéns a todos os nerds!!!
(não que eu seja um)

Você traiu o movimento NERD véi!

e pelamor, quem ainda não leu O GUIA DO MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS vá ler AGORA ou rasgue sua carteirinha!!!
haha

A Rita levou meu sorriso. No sorriso dela.

E além de tudo Me deixou mudo o violão

cuidado, não clique na tira

a pessoa que conseguir ver o vídeo linkado na tira ganha um abraço do cãozinho

USS Enterprise (CVN-65)

sadomasô

Abaporu (do tupi-guarani aba e poru, “homem que come”) é um quadro em óleo sobre tela da pintora brasileira Tarsila do Amaral, pintado em 1928 como presente de aniversário do escritor Oswald de Andrade, seu marido na época.
Hoje ela é a tela brasileira mais valorizada no mundo, tendo alcançado o valor de US$ 1,5 milhão, pago pelo colecionador argentino Eduardo Costantini em 1995. Encontra-se exposta no Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (MALBA).[1]

salada

Tarsila de Amaral valorizou o trabalho braçal (corpo grande) e desvalorizou o trabalho mental (cabeça pequena) na obra, pois era o trabalho braçal que tinha maior importância na época.[carece de fontes?]

A composição – um homem, o Sol e um cacto – inspirou Oswald de Andrade a escrever o Manifesto Antropófago e criar o Movimento Antropofágico, com a intenção de “deglutir” a cultura européia e transformá-la em algo bem brasileiro.

fonte: wikipedia

insignificante
insignificante
insignificante